Fórmula da Importação

5 Dicas Para Converter Assinantes de E-mail em Clientes

“Sucesso é fazer aqueles que acreditam em você olhar com brilho.” - Dharmesh Shah, CTO e Co-Fundador, HubSpot.

“Sucesso é fazer aqueles que acreditam em você olhar com brilho.” – Dharmesh Shah, CTO e Co-Fundador, HubSpot.


 
Sempre que os blogs falam sobre e-mail marketing uma série de conselhos se concentra em como conseguir mais assinantes.

Sim, esse é um passo muito importante e realmente vale a pena se dedicar nessa etapa de aumentar sua lista constantemente.

Existe uma regra básica que diz:

Quanto maior sua lista, maior é a sua conversão.

Isso é fato, e não podemos negar.

No entanto essa não deve ser sua única preocupação, na verdade aumentar a lista é só uma parte da sua estratégia de e-mail marketing.

Ter uma lista grande e que cresce a cada dia é importante, mas tão importante quanto aumentar sua lista é se relacionar com ela da maneira correta ao ponto que você consiga transformar assinantes de e-mail em clientes.

E é exatamente sobre isso que quero falar hoje.

Nesse artigo quero te dar 5 dicas sobre como você pode construir campanhas de e-mails com envios automáticos de maneira a converter assinantes em clientes.

Vejo poucas pessoas falando sobre isso, e quando comecei há 3 anos, um dos meus principais problemas era exatamente este….

O de como construir uma campanha de e-mails que converta assinantes de e-mail em clientes.

As estatísticas mostram que os clientes que recebem uma newslatter gastam 83% a mais do que os não cadastrados.

Esse número tão alto se deve ao fato do relacionamento criado ao longo do tempo por e-mail.

Aqui estão 5 dicas sobre como aumentar as suas conversões com mensagens automáticas.

 

1 – Convertendo Assinantes Em Clientes

convertendo assinantes em clientes

“Faça o cliente o herói de sua história.” – Ann Handley, Diretor Chefe de Conteúdo, Marketing Profs.

 

Muita gente pira na hora de criar uma campanha de mensagens automáticas.

Nessa etapa é normal que várias dúvidas  surjam na sua cabeça, como….

  • Por onde começo?
  • O que vou escrever?
  • Como vou escrever?
  • Vou apenas enviar e-mails com ofertas especiais?

A verdade é que seus e-mails não precisam ser excessivamente focados em vendas.

O que os assinantes querem é apenas ter um diálogo com você. Isso por si só vai aumentar sua conversão.

Até mesmo um simples e-mail pedindo feedback, mostrando um estudo de caso, alguns depoimentos de clientes, ou uma ajuda para algum problema específico são ótimas maneiras de iniciar um diálogo.

Você vai se surpreender como as dicas desse artigo podem aumentar suas vendas, transformando assinantes em clientes.

Agora vou mostrar como eu crio as minhas campanhas de e-mails automáticos passo a passo, e como você pode usar o mesmo modelo para criar as suas campanhas de e-mail e aumentar seu lucro.
 

Por quê?

Eu gosto de começar uma campanha de e-mails automáticos respondendo o Porque meu assinante deve prestar atenção nos meus e-mails, e o mais importante, por que esses e-mails vão ajudar meus assinantes a conseguir um resultado desejado seja ele qual for.

Esse é um passo muito importante, principalmente se você ainda não é conhecido no seu nicho de mercado e ainda não tem autoridade.

Infelizmente a maioria pula essa parte.

Vamos ver um exemplo:

Suponhamos que você trabalhe no nicho de emagrecimento e quer construir uma campanha de e-mails automáticos.

Separe alguns e-mails, de 3 a 5, e diga o Porque seus assinantes devem prestar atenção em você. Responda as seguintes perguntas, isso vai te ajudar nessa etapa:

  • Por que seu método funciona?
  • Por que vale a pena abrir seus e-mails?
  • Por que ele deve confiar em você?
  • Por que ele deve seguir o que diz?
  • Por que vai ser bom?
  • Porque emagrecer pode aumentar a sua saúde e prolongar sua vida.

Tudo isso vai te ajudar a conseguir a atenção dos seus assinantes de e-mail, e despertar o interesse dele pelo seu trabalho.

Essa é uma fase fundamental e não deve ser esquecida….

É aqui que você consegue aumentar o desejo de compra dos seus assinantes, convencendo ele de que seu método funciona e de que vale a pena acompanhar seu trabalho.

Depois de criar as mensagens de Porque, eu parto para O que fazer….
 

O Que Fazer?

Nesse ponto eu ajudo de verdade meus assinantes a conseguirem o resultado que eles tanto querem, que nesse caso é emagrecer.

Eu digo exatamente o que eles devem fazer sem rodeios para que eles possam alcançar o resultado desejado.

Comece dando dicas simples e fáceis de serem executadas, você pode fazer isso pelo próprio e-mail ou criar vídeos e artigos em blogs. Normalmente os vídeos funcionam melhor.

Nessa etapa, o seu objetivo é conseguir a confiança de seus assinantes através de dicas úteis e aplicáveis no seu dia a dia.

De maneira que eles comecem a pensar….

“Ah, isso realmente faz sentido, parece legal.”

Isso vai dar uma noção de como seu método funciona e como ele pode gerar resultados pros seus assinantes, que de fato é o que importa.

 

Como Fazer?

Bom, você já disse o Porque e O Que Fazer, agora você deve ensinar o Como Fazer?

Aqui entra a execução na prática, a aplicação do método em si.

Se você ensina as pessoas a emagrecer fazendo exercícios, grave vídeo aulas explicando na prática exatamente como fazer esses exercícios.

Assim seu assinante pode testar seu método antes de comprá-lo e ver se realmente funciona.

Fora o fato dele ver que você realmente está envolvido no objetivo de ajudá-lo a emagrecer, ao ponto de criar aulas explicando passo a passo os exercícios.

Isso faz toda a diferença, acredite.

E tem mais, se você conseguir fazer com que ele tenha resultados com dicas gratuitas, imagina quando você oferecer algo pago.

Com certeza o que eles vão pensar vai ser algo parecido com isso:

“Se de graça é bom, imagina pago. Vou ter que comprar!”
 

E Se?

Por acaso em algum momento da sua vida quando estava prestes a comprar algo você já teve alguma objeção se aquele produto realmente funcionaria pra você?
Certamente sim, e na maioria das vezes é aqui que você perde as vendas.

São aquelas famosas perguntas:

  • E se isso acontecer?
  • Mas e se eu não tiver dinheiro?
  • Mas e se eu não tiver tempo?
  • Mas será que isso funciona?

E por ai vai….

Isso é o que eu chamo de objeções, são elas que impedem você de realizar uma venda, e é por isso que é muito importante você se dedicar a responder a essas objeções.

Identifique as principais objeções dos seus assinantes e responda TODAS elas, uma ou duas por e-mail no máximo

 

 

2 – Faça Uma Oferta Irresistível

oferta irresistível
 
Criar um diálogo é muito importante e serve para abrir espaço para uma oferta no futuro, você já viu como fazer isso nesse artigo.

Agora você deve fazer uma oferta tão irresistível quanto essa torta de chocolate.

É ela que vai fazer com que seus assinantes se tornem clientes.

Se você estiver indo para oferecer um desconto especial você precisa ter a certeza que ele é convincente.

Pessoas assinam regularmente listas de e-mail para obter vantagens, seja ela um desconto, dicas, ou um brinde.

No final o que elas querem é ganhar algo em troca.

Para ter a certeza sobre o que você oferece a seus assinantes aumenta de verdade suas conversões, é preciso testar e mensurar, só assim você vai descobrir se uma oferta é melhor que a outra.

Logo você deve fazer testes A/B e verificar se suas ofertas estão trabalhando da melhor maneira possível.

Os testes são importantes para ter a certeza de que um desconto de 20% realmente converte mais que um de 10%, parece óbvio que o desconto de 20% converta mais, mas nem sempre o esforço vale a pena.

Muitas vezes a diferença de conversões nesse caso é pequena e não vale o esforço, por isso é tão importante realizar testes e medir os resultados.

Isso também vale para bônus, lembre-se, teste sempre.
 

3 – Entre em Contato Rapidamente

Quando uma pessoa se inscrever para receber seus e-mails não espere por muito tempo para entrar em contato.

Normalmente, um e-mail no mesmo dia ou no dia seguinte deve funcionar bem.

A grande maioria das caixas de entrada é inundada com e-mails de toda a web, por isso, se você demorar muito para entrar em contato as pessoas podem simplesmente esquecer quem você é.

 

4 – Esteja Sempre Por Perto

E-mails automáticos são também chamados de campanhas de acompanhamento por uma razão.

Não se trata de um ou dois e-mails, na verdade se trata do envio regular de vários e-mails durante um período prolongado de tempo.

Muitos sites têm uma série de mensagens automáticas que se estende por 5 e-mails e é isso.

Muitas vezes é preciso que você faça um trabalho de acompanhamento com seus assinantes para realizar uma venda, nesse caso 5 e-mails não funcionará.

É uma questão de estabelecer confiança com a sua marca e isso não pode acontecer com apenas 5 e-mails.

Isso na verdade acontece durante um período prolongado de tempo.

O cliente pode não estar pronto para uma compra de imediato, logo uma campanha longa, de pôr exemplo uns 3 meses pode resolver esse problema.
 

5 – Vamos Nos Conhecer, Mas Sem Rodeios

conhecendo seu cliente
 
Não adianta tentar esconder o real motivo sobre por que você está enviando esses e-mails.

Deixe-os saber que você quer fazer negócio. A abordagem direta é geralmente mais eficaz.

Tente algo como “Nós queremos ajudá-lo a fazer a sua primeira compra…”

Seja conciso em todos os seus e-mails, vá direto ao ponto. Lembre-se também de adicionar um toque pessoal a seus e-mails.

E isso nos leva a um ponto importante, que é o seu nome e e-mail de remetente.

Ninguém gosta de receber algo de um endereço de e-mail genérico como empresax@domain.com e de um remetente genérico como Nome da empresa.

Tente usar o seu próprio nome e também um endereço de e-mail mais pessoal. Um pequeno detalhe como esse pode realmente aumentar suas conversões.
 

E agora?

Siga estes 5 passos simples e você estará bem no seu caminho para maximizar o retorno financeiro sobre o seu banco de dados de e-mail.

Que outras dicas você usou para converter mais assinantes em clientes? Deixe-nos saber abaixo com o seu comentário!

Quer receber mais dicas como essa?! Se inscreva no formulário abaixo.
 

Fórmula da Importação

5 Comentários (Clique aqui para deixar seu comentário)

  1. Sempre quando leio um bom artigo, levo comigo o tópico que mais me chama a atenção. e sem dúvidas muitos tópicos abordados em seu artigo são bons, mas um em especial achei fantástico , por ser direto naquilo que eu sempre preso a informação dada sem rodeios , sem firulas, sem enrolação.”5 – Vamos Nos Conhecer, Mas Sem Rodeios”

    Você está de parabéns pelo artigo

  2. Parabéns Filipe, Excelentes dicas. É um bom artigo. Não deixou escapar nada. Foi realmente um prazer para por aqui um bom tempo e ver isso. Vou aproveitar e bisbilhotar mais um pouco :)
    Grande Abraço e Muito Sucesso!

  3. Lucas

    Olá Felipe.
    Gostei muito do seu artigo. Acho que você me convenceu e vou dar uma olhada no seu blog , seu conteúdo é ótimo!
    Você vai ser um outro Henrique Carvalho da vida!

Deixe uma resposta para Cledenilson Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

*


Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>