Fórmula da Importação

SEO – 11 Dicas de Como Rankear Seus Artigos na Primeira Página do Google

É triste ver a maioria das pessoas que iniciam na blogosfera… elas pensam que somente fazer um artigo e apertar o botão publicar já vão fazê-las populares, e em consequência disso vão atrair milhares de visitantes e comentários em seu blog.

seo

Elas ficam a espera e nada acontece, e na maioria das vezes decidem por desistir de blogar… porém existe um caminho a ser percorrido, existem maneiras de fazer com que seu blog tenha mais visitas e comentários, e é nesse ponto que eu quero chegar com esse artigo.

Hoje vamos aprender algumas técnicas de SEO (Search Engine Optimization) para que nenhum iniciante desista de blogar (:o), vamos abordar técnicas on page, ou seja, técnicas aplicadas dentro de sua página, que nada mais é do que aplicar algumas ações no momento em que estamos redigindo nosso artigo no WordPress.

O Que Você Vai Aprender Com Esse Artigo:

  • Técnicas SEO on page.
  • Como escrever artigos otimizados para SEO.
  • Aumentar seus comentários e visitas em seu blog ou site.

SEO – Otimizando Seus Artigos Para os Motores de Busca

#1 Palavras-chave

A primeira coisa que você deve fazer é escolher um tema do qual se pretende escrever dentro do seu nicho de mercado. Feito isso, devemos procurar pelas palavras-chave do assunto. E pra isso vamos seguir dois passos:

1 – Vamos procurar por palavras-chave relacionadas ao tema usando a ferramenta Google keyword Tools.

A ideia é escolher palavras que tenham um número alto de procura, porém que tenham um número baixo de concorrência. Tente escolher o que chamamos de palavras-chave de calda longa, vamos ver um exemplo do que é essa tal de palavra-chave de calda longa.

Imagine que você está querendo rankear um artigo sobre televisores da marca Sony de 42 polegadas. Muitas pessoas colocariam apenas a palavra-chave televisão, o que é errado pois você atrairia milhares de pessoas que não estão interessadas nos televisores da marca Sony de 42 polegadas, como por exemplo em televisores da marca Sansung.

Então a ideia é ser especifico e refinar o quanto você puder usando uma palavra-chave de calda longa que no caso seria televisor Sony 42 polegadas. A imagem abaixo ilustra o resultado da pesquisa.

como-otimizar-artigos-motores-de-buscaseo

*Note na parte de baixo da imagens acima a quantidade de resultados para as duas pesquisas.

Porque você quer e deve refinar os seus resultados? Simples, nós só queremos atrair pessoas que de fato estão interessadas no nosso artigo, isso aumenta o tempo de permanência em seu blog e diminui nossa taxa de rejeição que é um dos fatores que o Google utiliza para rankear seus artigos e blogs.

2 – Depois disso vamos fazer uma pesquisa no Google e ver nossos concorrentes, observe seus  artigos e suas manchetes, é importante que leiam esses artigos e vejam se existe algum ponto que eles tenham esquecido, caso você encontre algum não esqueça de acrescentá-lo em seu artigo.

Com isso temos uma base das palavras mais procuradas no Google e podemos focar nessas palavras-chave para escrever nosso artigo otimizado para SEO.

Sacada: Provavelmente você já se perguntou: Como eu posso saber as palavras-chave que meus concorrentes utilizam? Eu conheço duas maneiras.

Uma delas é clicar com o botão direito na página em que você deseja saber quais são as palavras-chave, e escolher a opção exibir código fonte da página (o nome dessa opção pode variar de acordo com o navegar) sendo assim na página que se abrir procure pela tag <meta name=”keywords“.

A segunda maneira é bem mais simples e fácil, basta instalar uma extensão no navegador do Google chamada META SEO Inspector e ela vai te mostras todas as palavras-chave que seu concorrente utiliza.

#2 Escolhendo Seu Título

Vamos elaborar o nosso título utilizando técnicas de SEO:

[Palavra-chava] + [Frase que gere curiosidade e benefício imediato]

O objetivo é colocar a palavra-chave mais no início possível e fazer com seus visitantes abram seu artigo.

Repare a manchete desse artigo:

SEO – 10 Dicas de Como Rankear Seus Artigos na Primeira Página do Google

Colocando esse título na formula que acabamos de aprender teremos:

[SEO (palavra-chave)]+[10 dicas de Como Rankear Seus Artigos na Primeira Página do Google (desperta curiosidade e oferece um benefício imediato)]

Sacada: Uma boa dica é verificar os títulos dos artigos sobre o assunto que estão no topo das buscas do Google, escolha pelo menos 10, coloquem eles em uma planilha do Excel e comece a girá-los, alterne as palavras de posição e adicione alguma até ter um resultado satisfatório.

#3 Adicionando Imagens

Nós todos sabemos que as imagens chamam muita atenção dos nossos leitores, além de completar suas ideias. Mas o que a maioria não sabe, é que elas podem fazer a diferença para posicionar melhor o seu artigo nos motores de busca, o famoso SEO.

Então para que podemos otimizar nossas imagens de forma a ajudar posicionar nossos artigos diante dos motores de busca seguiremos os seguintes passos.

  1. Salve suas imagens no seu computador com o nome da palavra-chave (palavrachave.png) antes de enviá-las ao seu blog.
  2. Comprima ela usando um software chamado Riot. Isso diminuirá o tempo de carregamento do seu blog.
  3. Faça o upload das suas imagens e adicione o texto alternativo a suas imagens utilizando as palavras-chave.
  4. Adicione também a tag Alt do título das imagens utilizando a palavras-chave.

As regras se aplicam a todas as imagens do seu blog. Se você não sabe onde encontrar imagens, acesse minha página de Recursos Blogs e veja alguns dos melhores locais da web para encontrar suas imagens.

#4 Links Permanentes

Quando você cria um post ou um artigo para seu blog, por padrão o WordPress adiciona um número a sua extensão de url, chamado de link permanente. É esse link que vai determinar o endereço do seu artigo dentro do seu blog, porém utilizar números não é bom para SEO.

Veja um exemplo de link permanente: http://portaldarenda.com/seo-como-rankear-seus-artigos/

A parte que está em negrito é o link permanente desse artigo.

Algumas pessoas colocam o nome do título como link permanente, mas o que me dá mais resultado, é colocar minhas palavras-chave como link permanente e é o que eu sugiro que você também faça.

Se você quiser fazer como eu, e editá-lo como quiser, basta fazer isso no momento em que estiver editando seu artigo como mostra a figura abaixo. Essa opção fica bem abaixo de onde você digita sua manchete.

motores-de-busca

Para alterar as configurações de link permanente do seu blog você pode acessar em seu menu configurações > Links permanentes, escolha a opção nome do post e salve, depois disso o WordPress vai adicionar automaticamente os nomes dos seus posts ao link permanente.

#5 Vídeos

O Google adora vídeos, não é atoua que ele comprou o YouTube. Se seu artigo vier acompanhado de um vídeo ele vai ficar melhor posicionado, tenha certeza disso.

Para ter melhores resultados adicione um vídeo no qual seu título também tenha sua palavra-chave.

#6 Subtítulos

Os subtítulos além de facilitar a leitura de seus visitantes, também tem seu valor na hora de otimizar os artigos para os motores de busca. Quando os motores de busca encontram uma página, eles primeiro leem a tag (html) do seu título e o título propriamente dito, e em seguida eles procuram pelas tags H1, H2, H3, H4, H5 e H6.

Sendo:

<h1> Título do artigo</h1>
<h2> Subtítulo nível 1</h2>
<h3> Subtítulo nível 2</h3>
<h4> Subtítulo nível 3</h4>

E assim sucessivamente. Então você vai querer utilizar essas tags em seus títulos e subtítulos para um melhor posicionamento nos motores de busca, mas mais do que isso elas proporcionam uma leitura mais agradável para seus leitores.

Repare nesse artigo, cada dica é um subtítulo marcado com as tags mencionadas.

#7 Meta Dados

O Google e os demais motores de busca adoram palavras-chave, e se sua meta descrição tiver essas palavras-chave mais um ponto para você na hora de otimizar seus artigos. Em um resultado de pesquisa sua meta descrição aparece logo abaixo do seu link, se sua meta descrição for boa ela vai te render mais cliques.

Google seo

Para escrever sua meta descrição você tem que tomar como base 4 fatores:

  • Ela tem que ter suas palavras-chave.
  • Deve descrever seu artigo.
  • Deve despertar o interesse do leitor.
  • Não deve ser maior que 155 caracteres se você quiser que o Google mostre ela por inteira.

#8 Interligando Seus Artigos

Antes de publicar o seu artigo tente linkar para dois ou três artigos extras. Isso ajuda a manter seus visitantes por mais tempo em seu blog. O tempo que seus visitantes permanecem em seu blog também é importante para SEO.

#9 Links Externos

Linkar para blogs de maior autoridade que o seu pode impulsionar seus resultados nos motores de busca. Além disso essa é uma ótima maneira de construir uma parceria de sucesso com outros blogueiros. A ideia aqui é linkar para assuntos similares.

Se seu for bom e agregar valor para os visitantes de seu blog, o blogueiro que recebeu seu link pode fazer o mesmo por você, isso vai fazer com que você receba tráfego do blog dele.

#10 Chamada Para Ação

Um blog é o instrumento perfeito para você interagir com seus leitores, e para maximizar a sua interação nada melhor do que pedir aos seus visitantes para fazer alguma coisa. É isso que nós chamamos de chamada para ação.

Vou mostrar algumas formas de se fazer isso:

  • Ações: Se você gostou desse artigo compartilhe com seus amigos no facebook.
  • Implementação: Convide seus leitores a praticar o que foi dito em seus artigos.
  • Comentários: Encorajem seus leitores a comentar os seus artigos.

Você vai encontra um bom exemplo de chamada para ação no fim desse artigo dentro de uma caixa amarela, onde eu peço para que você compartilhe esse artigo com seus amigos e deixe um comentário.

Quer aprender a gerar tráfego para seu blog acesse meu artigo: Os Segredos do Tráfego – 6 Dicas de Como Atrair Milhares de Visitas Para Meu Blog

Uma chamada para ação é importante porque na maioria das vezes seu visitante precisa de um “empurrãozinho” para tomar uma atitude, então nada melhor do que você direcionar esse visitante e fazer com que ele tome a atitude que você quer.

#11 WordPress SEO by Yoast

E por último mas não menos importante uma arma secreta que vai simplificar todo seu trabalho de SEO, essa arma é um plugin.

Talvez você não saiba adicionar uma meta descrição e meta palavras-chave, o que é normal, então para que você possa fazer isso de forma simples e intuitiva você pode usar esse plugin que é uma mão na roda.

Após instalar o plugin um painel bem abaixo do campo em que você adiciona e edita seu post aparecerá, e é nesse painel que você pode adicionar sua meta descrição, meta palavras-chave e título SEO. Veja na figura abaixo.

wordpress-seo

Finalizando…

Bom, é isso. Tenho certeza que se você colocar essas 10 dicas  de SEO em prática seus resultados vão melhorar tanto no aspecto de otimização para motores de busca como para interação de seus leitores em seu blog.

Mas isso só vai funcionar se você colocar a mão na massa, não fique parado esperando as coisas acontecerem.

E você tem alguma dica para rankear seus artigos na primeira página do Google?

Fórmula da Importação

29 Comentários (Clique aqui para deixar seu comentário)

  1. Filipe, eu deveria ter lido esse artigo antes de colocar os posts no meu blog.
    Artigo maravilhoso!
    Agora vou correr atras do prejuízo, e implantar todas essas dicas nos meus artigos.
    Só estou com algumas por exemplo, nos meus subtítulos eu tenho sempre que colocar essas tags -H1-H2-H3-H4? Ou essas tags aparecem automaticamente quando já faço um subtitulo?
    Outra dúvida é relação a imagem, eu tenho que colocar a imagem do meu post sempre em png? Não posso colocar em outro formato?

    Muito obrigado Filipe, como sempre você esta me ajudando muito na criação do meu primeiro blog.

    Abraços!
    Afonso Lopes

    • Sobre as tags vã na opção parágrafo e escolha entre os cabeçalhos 1 a 6 fazendo dessa maneira as tags já são incorporadas no texto selecionado.

      Sobre o formato da i,agem pouco importa.. use qual desejar.

  2. Muito bom, acabei de construir meu site e pretendo implantar todas essas dicas e muitas outras que encontrei na web, espero conseguir ficar bem posicionado!

    Forte abraço, obrigado por disponibilizar esse conteúdo de qualidade!

    Administrador ASB.

    • As dicas são bacanas e ajudam muito, mas tente sempre focar no seu leitor, o Google tá valorizando muito isso, e além do mais quando fazemos isso a probabilidade do seu conteúdo ser compartilhado é muito maior.

      Abraço.

  3. Olá Felipe,
    Gostei muito como vc simplificou o que tenho lido em outros artigos sobre SEO. Estou aplicando suas dicas e subindo no rankeamento do Google. Recomendo para todos os blogueiros, iniciantes ou experts.
    Obrigado e Sucesso

  4. ginuina

    Boa Noite , Estou querendo , alias vou criar , um blog para divulgação de minha marca de roupas fitness e matérias com dicas de Bem Estar e Motivação para a pratica esportiva. Estou pesquisando esse mundo dos Blogs e como fazer a divulgação. Suas dicas são ótimas mas ainda estou muito perdida. Me dar mais umas dicas. Desde já agradeço.

  5. Obrigado pela suas dicas mas que pensa assim realmente não conhece o significado da palavra SEO, estou tentando seguir a risca a teologia do H1, H2, H3 em uma loja virtual, não é nada fácil, para aumentar mais a credibilidade pretendo inserir texto na pagina hoje, vamos ver no que dá!!

  6. Fabio Tateo

    Olá, muito bom e bastante prático. Se me permitem gostaria de fazer uma observação quanto ao termo Calda Longa……não será CAUDA longa ?
    Espero ter colaborado positivamente.
    Abs

  7. Parabéns pelo post. Muito interessante mesmo. É bom ter uma atenção balanceada a diversos fatores de SEO e não simplesmente ficar focado em apenas um ou dois aspectos. Eu sinceramente não conhecia algumas das técnicas abordadas e confesso que já as adotei..
    Parabéns.
    Marcos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

*


Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>